Carregando...
63 3217-1503 comunicacao@sindepol-to.com.br
08 de Fevereiro de 2018

Balanço geral da Operação Paz Social é apresentado pelas forças de segurança locais

3ª fase da Operação Paz Social

Dando continuidade às ações de fiscalização e repressão à criminalidade urbana na Capital, integrantes das Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Secretaria de Segurança Pública de Palmas, através da Guarda Metropolitana e Agência de Trânsito, Transporte e Mobilidade – ATTM, Vigilância Sanitária e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, concluíram a 3ª fase da Operação Paz Social, em Palmas, iniciada na noite de sexta-feira, 2, e com desdobramentos nas primeiras horas da manhã de sábado (3).

Durante as ações, foram realizadas blitze na Avenida Palmas-Brasil, região Sul da Capital, e fiscalizados inúmeros estabelecimentos empresariais, com a verificação da existência de alvarás de funcionamento e, caso presentes, de sua adequação aos respectivos documentos, além do controle sanitário e de inspeções visuais para atestar as condições de segurança contra incêndio e pânico nos diversos locais visitados. No âmbito penal, foram observados crimes e contravenções penais porventura em andamento, como venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos, existência de mandados de prisão contra suspeitos, abordagem de veículos para análise de sua procedência lícita, ou se objeto de furto, roubo, clonagem ou adulteração de chassi.

Como resultado dessa etapa, foram abordados 385 veículos e 78 pessoas, apreendida 01 arma branca, autuadas 03 infrações de trânsito, removidos 07 veículos automotores, realizados 37 testes com etilômetro, de resultados negativos, mais 04 recusas de submissão do condutor ao “bafômetro”, além de 03 prisões em flagrante por poluição sonora e 13 autuações diversas. Ainda na ação, dois estabelecimentos empresariais foram fechados, 03 notificados e 01 embargado. As autuações foram motivadas pela ausência de alvará de funcionamento; ou quando expedido pelos órgãos competentes, o documento não se fazia  presente no local do estabelecimento; autorização para funcionamento contendo informações incorretas, perturbação do sossego público, poluição ambiental do tipo sonora e/ ou infração à legislação de segurança contra incêndio e pânico do Corpo de Bombeiros Militares do Tocantins.

Estiveram presentes na Operação Paz Social desta sexta-feira, 30 policiais civis da Diretoria de Polícia da Capital, das Delegacias Estaduais de Repressão aos Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT), Repressão a Crimes Praticados contra Concessionárias de Serviços Públicos (Furto de Água e Energia) – DERFAE e de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores – DERFRVA, e dos Institutos de Identificação e Criminalística, aparelhados com 08 viaturas, assim como 32 policiais militares, que realizaram suas atividades em 10 viaturas, entre carros e motos. Por sua vez, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Capital, Regularização Fundiária e Serviços Regionais, disponibilizou viatura com 03 agentes de fiscalização, enquanto a Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana – SESMU viabilizou os trabalhos de 14 agentes, equipados com 05 viaturas.

Para os representantes das forças de segurança envolvidas na Operação, as ações de policiamento nas ruas da Capital previnem a ocorrência de transgressões, tornam efetivas as penalidades previstas em lei e, ainda, resultam em valorização e reconhecimento da população no trabalho por elas desempenhadas.

Balanço da Operação

Intitulada “Paz Social”, por sua missão de buscar a manutenção da ordem e da paz no âmbito da sociedade palmense, a ação conjunta foi implementada através de ações estratégicas integradas e coordenadas de Polícia preventiva e repressiva, além de fiscalizações administrativas na área de postura, costumes, sanitário e trânsito, a 1ª e 2ª fases da Operação ocorreram, respectivamente, entre os dias 1ª a 3 de dezembro e 15 de dezembro de 2017.

Com a conclusão da 3ª etapa da Operação, no final de semana, o balanço total da Operação pode ser assim apresentado:

AÇÕES DE FISCALIZAÇÃO, PREVENÇÃO E REPRESSÃO Quantidade
Abordagem de veículos 712
Abordagem de pessoas 506
Prisão em flagrante 17
Notificação por infração à legislação de segurança contra incêndio e pânico 21
Notificação por infração aos Códigos de Postura e Sanitário e legislação ambiental 36
Interdições a estabelecimentos empresariais 08
Embargos a estabelecimentos empresariais 05
Infrações de trânsito 07
Remoções de veículos 21
Testes do bafômetro 101 (97 negativos + 04 positivos) e  13 recusas
*Mais de 50 bares / restaurantes foram visitados durante a Operação Paz Social em Palmas, com a verificação, ainda, da existência de indícios de furtos de energia nos locais. Além disso, substâncias entorpecentes foram apreendidas e 01 arma branca.

 

Com informações da Ascom SSP/TO

Ascom Sindepol/TO

Sarah Pires - Jornalista MTE 935/TO

FILIE-SE ONLINE ou faça o download da Ficha de Filiação e encaminhe-nos
Parceiros

Receba nosso informativo em seu e-mail

SINDICATO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA CIVIL DO TOCANTINS
ENDEREÇO
1002 Sul, Cj. 01, Lt. 01, Av. Teotônio Segurado
Palmas/TO
CEP 77.023-484
CONTATO 63 3217-1503
© COPYRIGHT 2017